top of page
  • Foto do escritorNathan Wallauer

Auditoria Interna dos controles de patrimônio dos órgãos públicos

O acervo de bens patrimoniais (móveis e imóveis) normalmente concentra o maior ativo de um ente público. Assim, a Auditoria Interna dos controles patrimoniais é uma ferramenta importante para garantir a eficácia e a eficiência dos controles e processos relacionados à gestão dos bens móveis e imóveis de uma organização.


Essa auditoria tem como objetivo avaliar a adequação dos controles internos para a proteção, administração e utilização dos bens permanentes, bem como identificar possíveis fraudes, desvios, erros ou omissões que possam afetar a integridade dos ativos imobilizados.


É fundamental que a Administração Pública mantenha registros sintéticos (na contabilidade) e também analíticos (no sistema de controle patrimonial) de todos os bens de caráter permanente, com indicação dos elementos necessários para a perfeita caracterização de cada um deles, e dos agentes responsáveis pela sua guarda e administração, bem como garantir a transparência da gestão patrimonial.


Dessa forma, a auditoria interna auxilia na prevenção e detecção de problemas, na implementação de medidas corretivas e na melhoria contínua dos processos relacionados à gestão dos bens patrimoniais de caráter permanente nos entes públicos.

Comments


bottom of page